12/10/2017 | 7h00m

Paixão colorada

Zé Victor Castiel: "Mesmo com os desfalques, Inter está bem servido"

 Contra o Boa, finalmente, veremos Camilo e D'Alessandro juntos desde o início da partida

Ricardo Duarte / Inter / Inter

Com as defecções de Damião e Dourado, por lesão, e Sasha e Edenilson, pelo terceiro cartão amarelo, Guto Ferreira fará de tudo para manter a mesma estratégia que vem dando bons resultados nos últimos jogos.

Rodrigo Dourado já vinha sendo substituído por Charles, que apesar do sabido talento, ainda não conseguiu reeditar as boas atuações de quando foi lançado.

No lugar de Edenilson, jogará Felipe Gutiérrez, já reincorporado ao elenco depois da desclassificação da seleção chilena para a Copa do Mundo da Rússia. As modificações mais importantes, no entanto, serão no meio-campo avançado. Camilo está merecendo a chance de iniciar a partida e será o substituto de Sasha. 

Se o treinador pretender reeditar fielmente o esquema, Camilo terá que adaptar-se para exercer as funções de recomposição defensiva, tal como Sasha executa. 

A dúvida que fica no ataque é se Pottker ficará mais centralizado, com Nico aparecendo pelos flancos, ou se haverá um revezamento entre os dois. De qualquer maneira, parece que finalmente veremos Camilo e D'Alessandro juntos desde o início da partida.

Continuidade

De todas as defecções, Damião é o que fará mais falta. Impressionante como este jogador voltou focado. Tem cumprido uma função tática fundamental para a estratégia de jogo do Internacional. Com sua movimentação, tem obrigado a linha defensiva adversária a ficar muito mais atenta e, sempre que tem a oportunidade, acaba marcando gols importantes, como contra o Brasil de Pelotas.

Mesmo com os desfalques, penso que o Inter está bem servido e tem tudo para dar continuidade à sequência exitosa dos últimos jogos. Falta pouco.