10/10/2017 | 20h00m

Falando de Sexo

Quando e como conversar com as crianças sobre sexo

Que tal começar perguntando quais são as dúvidas do seu filho?

Arte ZH

Boa noite! Sou mãe solteira e tenho que me virar para dar conta dos cuidados com meu filho, que ainda é pequeno. Percebo que ele é supercurioso para as coisas de sexo. Como eu posso conversar com ele, e o que eu faço quando vejo que toca o próprio corpo?

Querida leitora, a melhor maneira de começar uma explicação sobre sexo é perguntar para a criança o que ela já sabe sobre o assunto. Assim, você terá uma ideia do que ela realmente quer saber e de qual é o nível de entendimento dela sobre o assunto.

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Além disso, é importante entender de onde vem essa curiosidade. Isso pode ajudá-la a saber se seu filho está adquirindo hábitos não indicados para a idade dele. As informações da TV, como novelas e filmes, podem, às vezes, antecipar o período de questionamento infantil.

Natural
Com relação ao toque no próprio corpo, isso faz parte da descoberta infantil e do aprendizado. É importante que a criança tenha essa experiência de conhecer a si mesma. 

Ou seja, frases como “tira a mão daí que machuca”, “isso é sujo” e “isso é feio” devem ser evitadas, a não ser que vocês estejam em um local público e inadequado.

Dica
Os livros de educação sexual infantil costumam ser valiosos nesta fase de descobertas. Com eles, as crianças podem compreender melhor por meio das figuras.

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br